×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 290
01 setembro

Visitas ao património do concelho de Paredes

Escrito por 

Programa Conheça o Património decorre todos os sábados de 3 de setembro a 8 de outubro. O programa municipal anual de visitas ao património do concelho de Paredes, que vai para a oitava edição, arranca no próximo dia 3 de setembro e estende-se, ao longo das manhãs de todos os sábados, até 8 de outubro.

O itinerário deste ano prevê a visita a testemunhos arquitetónicos medievais e cultos religiosos que perviveram ao longo dos séculos, mas inclui também a visita ao património educacional e didático do século XX, como marcas identitárias que se impõe preservar.

Em cada sítio ou lugar visitado é feito o respetivo enquadramento histórico, desde as origens às razões da edificação, processo complementado com curiosidades associadas. Pretende-se desta forma contribuir para a compreensão da realidade dos locais visitados

Os Pelouros da Cultura e do Turismo da Câmara Municipal de Paredes proporcionam aos munícipes este contacto direto com diferentes valores patrimoniais do concelho desde 2009. As ações desenvolvidas têm funcionado de forma muito visível como estímulo à necessidade e interesse de cada um se identificar com o património e o lugar.

O programa Conheça o Património VIII “O Lugar e os Homens” está aberto a todos aqueles que nele desejem participar, mediante inscrição obrigatória no Gabinete de Arqueologia e Património da Câmara Municipal de Paredes ou na Loja Interativa de Turismo e limitado aos lugares do autocarro. Decorre ao longo das manhãs de todos os sábados de setembro e dos dois primeiros de outubro de 2016.

Com esta iniciativa, a autarquia procura proporcionar aos munícipes o contacto direto com o Património, transmitir conhecimentos da História local, contribuir para a capacidade de observação, estimular para o entendimento da importância dos recursos naturais e despertar para a importância da proteção do património.

As preocupações e emoções manifestadas pelos participantes têm evidenciado sinais de vínculo e de pertença para com o património das respetivas regiões. O conhecimento da “história dos homens e dos lugares” tem contribuído para a descoberta de particularidades e para o desenvolvimento relacional de proximidade entre os atores sociais e o território, abrindo caminho para a consciencialização histórica das populações.