27 março

PENAFIEL - GOVERNO AUXILIA AUTARQUIAS NO APOIO AOS MUNÍCIPES

Escrito por 
A Câmara Municipal de Penafiel, apresentou ontem o seu pacote de apoio às famílias, trabalhadores e empresas penafidelenses.  O Partido Socialista de Penafiel, regista com agrado este primeiro passo da autarquia, naquele que terá de ser, como o desejamos todos, um pontapé de saída para as medidas mais robustas que se seguirão. O Governo aprovou ontem, em Conselho de Ministro, um diploma que permite às autarquias fazer despesas para ajudar a mitigar os impactos do Covid-19 nas vidas dos seus munícipes, 
sem que essas despesas contem para os limites de endividamento das autarquias. 
 
Significa isto, que a partir de ontem, a Câmara Municipal de Penafiel está em condições de ser mais ambiciosa nos apoios aprovados. 
 
Essa ambição deverá passar, desde logo, por aumentar o limite máximo do rendimento “per capita” das famílias penafidelenses que poderão beneficiar dos apoios sociais de combate a este flagelo. 
 
Os €200 “per capita” de teto estabelecidos pelo executivo municipal, como todos compreenderão, tornaram estes apoios inacessíveis à esmagadora maioria do nosso povo. 
 
São inúmeros os penafidelenses que estão em regime de layoff, que tiveram uma quebra abrupta no seu volume de negócios, ou que se viram mesmo forçados a suspender a sua atividade. 
 
Vivemos, pois, um tempo em que uma grande parte dos nossos concidadãos teve uma diminuição muito significativa dos seus rendimentos mensais, pelo que urge que as medidas de apoio a adotar sejam capazes de beneficiar o maior número de penafidelenses possível. 
 
É o tempo de não deixar ninguém para trás. 
 
Nesse sentido, o Partido Socialista reitera a sua disponibilidade, para em cooperação com a Câmara Municipal de Penafiel e com aqueles que melhor conhecem o território designadamente as Juntas de freguesia, instituições de solidariedade social e com os principais operadores económicos, trabalhar na construção de uma solução que possa dar resposta às necessidades mais prementes de todos os penafidelenses. 
 
A despesa feita hoje, não contará para os limites do endividamento, mas será essencial para debelar este inimigo traiçoeiro e para ajudar a relançar a economia local, assim que vencermos este monstro. 
O que nos une é o amor à nossa terra.