03 março

PENAFIEL - CIDADE COMEMORA 249 ANOS

Escrito por 
A Câmara Municipal de Penafiel vai assinalar, com várias iniciativas a decorrer durante todo o mês de março, os 249 anos da Elevação da Vila de Arrifana de Sousa a Cidade de Penafiel, bem como o 20º Aniversário da Geminação com Sainte-Geneviève-des-Bois. O ponto alto das comemorações é naturalmente o dia 3 de março que começa logo às 9h30 com o simbólico hastear da cidade e às 11h30 haverá uma eucaristia em honra dos autarcas e funcionários falecidos. 
Já a sessão evocativa do 249º Aniversário da Elevação a Cidade de Penafiel e do 20º Aniversário da Germinação com Sainte-Geneviève-des-Bois, tem início marcado para as 15h00, no Museu Municipal. 
 
Na cerimónia vão ser atribuídas Medalhas de Ouro do Concelho de Penafiel aos concidadãos: António Alberto Vieira Simões, António Ribeiro Rodrigues, António da Silva Rodrigues Fontes, Francisco Pereira Moreira, José Maria dos Reis Sousa, Manuel Luís Soares das Neves e Vítor da Cunha Rocha. 
 
As Medalhas de Mérito Municipais Douradas serão entregues a Manuel Filipe Serralva Alves, Pedro Luís Moreiras Nunes Ferreira e António Vieira dos Santos. 
 
Será ainda apresentado o novo projeto municipal, intitulado “Ponto C – Cultura e Criatividade”. Um novo espaço no coração da cidade de Penafiel que será um marco cultural, constituindo-se como um ponto de encontro, de partilha da nossa cultura e ainda um palco que atrairá a Penafiel o melhor da criação artística do país e do mundo.
 
No programa “Penafiel Cidade há 249 anos” está já incluída a Rota da Lampreia, que decorre até 31 de março, e o Dia Municipal do Bombeiro, com o habitual desfile, no dia 10 de março, das corporações de Bombeiros Voluntários de Penafiel, Paço de Sousa e Entre-os-Rios.
 
Ao longo de março, o Museu e a Biblioteca Municipais vão receber várias iniciativas. No dia 2, pelas 15h00, a Biblioteca recebe a apresentação do livro “Um ilustre Republicano Penafidelense: Dr. Joaquim Cotta (1873-1957)” e, no dia 9, pelas 10h30, os “Sábados em Família – À descoberta de Penafiel com o Jogo da Glória”. A “Hora do Conto – Lendas de Portugal: as Lendas de Penafiel” estará disponível por marcação prévia durante todo o mês.
 
Por sua vez, o Museu Municipal acolhe, no dia 9, pelas 21h30, a peça de teatro contemporâneo “Perfídia Promessa”; no dia 15, às 21h00, a apresentação dos livros “Raízes do tempo: À volta de Padre Américo” e “Padre Américo: Frei Junípero de Lume Novo”; no dia 16, pelas 16h30, a inauguração da exposição “30 Collages”; no dia 24, às 11h00, o “Yoga no Museu”; e, por último, no dia 31, das 15h00 às 18h00, a iniciativa “Abraçar Penafiel”.
 
De recordar que Penafiel, antes vila de Arrifana de Sousa, foi elevada a cidade pela mão de D. José I no dia 3 de março de 1770, para que aqui se pudesse fixar a sede de um novo bispado que a política pombalina queria destacar do “território da poderosa mitra portuense”. Penafiel é, desta forma, uma das cidades mais antigas do país.