29 fevereiro

CIM TÂMEGA E SOUSA - ESTRATÉGIA PROVERE INTEGRA INICIATIVA “GOVERNO MAIS PRÓXIMO”

Escrito por 
O Presidente do Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa), Gonçalo Rocha, apresentou ontem, dia 27, a Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE (Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos) da região do Tâmega e Sousa à Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa. A apresentação decorreu durante a sessão pública “Estratégias PROVERE na Região Norte: Apresentação de Resultados e Lançamento de candidaturas”, uma ação integrada na iniciativa “Governo Mais Próximo”, que teve lugar em Vimioso.
Designada de “Turismo para Todos”, esta Estratégia abrange os 11 concelhos que compõem a CIM do Tâmega e Sousa, bem como os municípios de Arouca e de Vale de Cambra que, embora pertencentes à Área Metropolitana do Porto, são considerados territórios de baixa densidade populacional, e, por isso, enquadrados nos territórios-alvo do PROVERE.
 
Partindo de uma visão comum de desenvolvimento regional assente no turismo, foram definidos vários projetos que se articulam entre si e que visam contribuir para o aumento da atratividade e competitividade da região, através da valorização económica dos seus recursos endógenos. 
 
Compõem a Estratégia “Turismo para Todos” um projeto intermunicipal de valorização, dinamização e promoção turística da região assente na natureza, no património cultural, na gastronomia, no enoturismo e no turismo de saúde e bem-estar, e mais de uma dezena de projetos-âncora, de natureza pública e de âmbito municipal. A Estratégia compreende ainda cerca de 300 projetos complementares, todos de iniciativa privada e natureza empresarial. 
Os projetos de natureza pública totalizam um investimento de cerca de 16 milhões de euros, enquanto os privados ascendem aos 181 milhões de euros.
 
A operacionalização desta Estratégia, bem como a execução do projeto transversal, assenta num consórcio alargado de entidades públicas e privadas, liderado pela CIM do Tâmega e Sousa, em parceria com duas associações de municípios – a AMBT – Associação de Municípios do Baixo Tâmega e a VALSOUSA – Associação de Municípios do Vale do Sousa/Rota do Românico – e três associações de desenvolvimento local – a Ader-Sousa – Associação de Desenvolvimento Rural das Terras do Sousa, a Dolmen – Desenvolvimento Local e Regional e a ADRIMAG – Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Serras do Montemuro, Arada e Gralheira.
 
A Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE “Turismo para Todos” é cofinanciada pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.